Como Gerenciar Equipes Diferentes

Redação
16 de julho de 2020

Se gerenciar uma equipe é um desafio, quem dirá diferentes equipes. Lidar com pessoas não é fácil, mas os resultados da sua empresa são obtidos graças a elas. Então, é preciso entender melhor a dinâmica de equipes para ter sucesso.

É preciso que haja um responsável para gerir as equipes, que esteja preparado para lidar com conflitos e tirar o melhor dos colaboradores.

Forme as equipes com pessoas que possuem o mesmo objetivo

Um dos grandes impasses na hora de gerenciar uma ou mais equipes é lidar com as diferentes personalidades. Precisamos entender a individualidade de cada pessoa e seu potencial para a empresa.

É impossível escolher pessoas com todas as características exatas para sua empresa, pois falamos de seres humanos. O que você precisa, então, é envolver na sua equipe aqueles que têm os mesmos objetivos, de crescimento profissional e compartilham os valores da empresa.

Assim, não importa o perfil, os resultados serão gerados pela junção dessas pessoas compromissadas com a empresa.

Trabalhe na retenção de talentos

Não é fácil o trabalho em torno de encontrar e lapidar grandes talentos, principalmente aliado às demais tarefas da gerência. Quanto mais equipes, mais difícil. Além disso, a alta rotatividade é algo que atrapalha a interação da equipe.

Pensando nisso, o incentivo ao crescimento é uma ferramenta interessante para desenvolver os talentos da empresa e buscar a retenção deles.

É preciso que o colaborador enxergue na sua empresa possibilidade de crescimento, não apenas no nível hierárquico, mas enquanto profissional.

O sentimento de valorização é um fator muito importante para manter seu funcionário na empresa.

Mantenha seus funcionários engajados

Muitos empresários se atentaram a aspectos comportamentais dos colaboradores para melhorar a produtividade. Há vertentes, na Teoria da Administração, centradas no âmbito comportamental, para analisar a efetividade dos processos.

Quando o seu colaborador se sente bem no ambiente de trabalho, os problemas são minimizados, como por exemplo, conflitos internos.

Para obter bons resultados, considerando esse tipo de concepção, é necessário voltar os esforços também para bem-estar dos empregados. Algumas ações, como um dia para vestimenta livre, podem trazer um clima agradável e mais acolhedor para as equipes.

Gerencie os conflitos de geração

As gerações entram em conflito, por conta das diferenças que têm entre si. Já temos profissionais trabalhando que são da geração Y. Então, na hora de gerenciar as equipes, pode ser que a diferença de idade entre as pessoas cause conflitos.

As características de diferentes gerações são proveitosas para a empresa, basta ter cuidado em atender as necessidades de cada perfil. Por exemplo, gerações mais antigas têm uma tendência a desejar feedbacks mais detalhados e até por escrito.

Por outro lado, os mais jovens podem não estar acostumados com abordagens mais pesadas e têm preferência por algo mais rápido e prático, como um e-mail.

O segredo é mediar as relações para tirar proveito de cada geração e estimular o aprendizado mútuo.

Não é fácil, mas com a abordagem certa e respeito, o gerente consegue colher bons frutos de sua equipe. Pense nestas dicas e coloque em prática na hora de gerenciar o seu pessoal.

Para saber mais como melhorar a gestão de suas equipes e colaboradores, confira nosso Guia de técnicas para organizar as demandas da sua equipe.

 

Curtindo nossos materiais? Assine nossa newsletter e receba novos conteúdos por e-mail.



Pin It on Pinterest

Close Bitnami banner
Bitnami